Opções de Tratamento

voltar

Atualmente, o tratamento de microvarizes pode ser realizado por duas técnicas – a ESCLEROTERAPIA e o LASER TRANSDÉRMICO.  Ambos os tratamentos são realizados de forma ambulatorial, na própria clínica, podendo ser aplicados isoladamente, ou combinados. O adequado diagnóstico do tipo e complexidade dos vasinhos é feito pelos exames complementares de  ECODOPPLER  COLORIDO (ultrassom vascular)  e  VEIN VIEWER (realidade aumentada). A partir daí, é possível a escolha do melhor método de tratamento.

  1. ESCLEROTERAPIA : é um método que utiliza a aplicação de medicamentos nos vasinhos, através de delicadas injeções dos produtos em forma líquida ou de espuma. O método utiliza material estéril e totalmente descartável. por ser um tratamento, necessita da adesão do(a) paciente. para a  obtenção de bons resultados – os quais podem variar dependendo da resposta individual de cada pessoa, bem como cor da pele.Após a obtenção dos resultados almejados, é esperado que o aspecto de melhora persista por um período indeterminado, o qual pode variar de alguns meses, ou até anos. Geralmente, devido a influencias genéticas, hormonais e ambientais, há uma tendência de surgirem novas varicosidades. Assim, como todo o tratamento, pode haver a necessidade de sessões complementares ou de manutenção.A escleroterapia pode utilizar alguns diferentes tipos de medicamentos, onde estão incluídos: glicose, oleato de monoetanolamina e polidocanol. A espuma é uma variação técnica que utiliza os mesmos medicamentos acima citados que, quando misturados ao ar através de técnica especial transformam-se em espuma. É possível a utilização de anestésico (lidocaína) associado ao esclerosante, para reduzir a sensação de “ardência” observada no instante seguinte a aplicação, bem como a CRIOANALGESIA (AR GELADO), para reduzir a sensação de dor.
  2. LASER   TRANSDÉRMICO:  tecnologia que utiliza aplicações de um tipo específico de LASER  para vasoso sanguíneos – LASER  NdYAG  LONG  PULSE,  associado à analgesia de resfriador de pele (técnica conhecida por CRIOLASER  TERAPIA). As sessões são quantificadas de acordo com o número de disparos luminosos do laser e, quando associadas à escleroterapia com espuma suave de POLIDOCANOL, tende a proporcionar resultados ainda melhores quando comparados às técnicas isoladas. Também é aplicado na clínica, de forma ambulatorial.

Ir ao topo

Copyright © 2016 - Todos direito reservados.